Será que as pessoas realmente tem voz dentro da empresa?

marketing man person communication
Photo by Gratisography on Pexels.com

Com o passar dos anos, a forma de trabalho tem mudado, do estilo de chefe que manda e as pessoas abaixam a cabeça e obedecem, cada vez mais tem se falado, e aplicado, a ideia de que todas as pessoas da empresa merecem voz para trazer ideias, preocupações e problemas.

Essa nova relação de trabalho ajuda a identificar os problemas do ambiente ou do negócio em si, assim como possíveis soluções para a questão, de uma forma muito mais rápida, podendo ser melhor tanto para a empresa quanto para as pessoas que trabalham nela.

Hoje, temos diversas empresas que tentam deixar um canal de comunicação mais aberto e líderes que, com orgulho, dizem que as pessoas do time confiam neles(as) para falar o que pensam.

Será que as pessoas realmente falam tudo o que pensam?

Um estudo sobre silêncio organizacional buscou entender o que motiva ou desmotiva as pessoas a falarem sobre preocupações ou problemas no ambiente de trabalho. Como é de se esperar, existe a questão do medo de consequências negativas. Porém, o motivo mais comum que faz as pessoas se calarem é o senso de futilidade, em vez de penalidade. Futilidade aqui é no sentido de ser inútil falar, que nada vai mudar, logo o esforço não vale a pena.

De acordo com o artigo, pelo fato de as pessoas se pronunciarem durante reuniões, conversarem no corredor, ou até os(as) copiarem em emails, líderes acreditam que têm uma comunicação aberta com elas e que elas falam quando veem algum problema. Mas, na verdade, esses(as) líderes não têm consciência sobre o que essas mesmas pessoas podem estar deixando de falar. Eles(as) imaginam que estão ouvindo o que importa, mas não sabem sobre o que não estão ouvindo.

Assuntos que os funcionários não costumam falar

Um estudo para entender quais assuntos as pessoas na empresa costumam não comunicar, identificou as principais questões que colaboradores da empresa mais costumam guardar. Segue abaixo as oito principais:

  1. Performance ou competência de um(a) colega ou chefe;
  2. Processos ou performance da organização, ou oferecer sugestão de melhoria;
  3. Pagamentos e igualdade de pagamentos;
  4. Discordância com políticas e decisões da empresa;
  5. Preocupações sobre carreira;
  6. Ética e justiça;
  7. Assédio ou abuso;
  8. Conflitos entre colegas de trabalho.

Alguns exemplos de respostas foram:

“Havia um colega de trabalho meu que muitos de nós pensávamos estar relaxando e com baixo desempenho. Um dia ele foi à ópera por três horas. Trabalhamos em um ambiente de equipe e tornou-se óbvio quem não estava fazendo o trabalho, mas sabíamos que essa pessoa era a favorita do nosso chefe.”

“Se você questionar certos processos, eles fazem parecer que você está reclamando e não sendo construtivo, então você é pressionado a apenas sorrir e suportar. Eu não gostei nada disso. Foi um dos fatores que contribuíram para eu sair. ”

“Um colega de trabalho estava sendo gradualmente descartado e não estava claro para os que estavam ao redor por que isso estava acontecendo. Eu não achava que podia falar honestamente e abertamente com os chefes dele, apesar do meu forte relacionamento de trabalho com eles. Eu senti que seria demitido ou cairia em descrédito se falasse. Eu senti que era uma questão moral de agir, mas no final, eu não fiz nada. ”

Seguindo em frente com o estudo, os pesquisadores também investigaram os motivos que fazem as pessoas preferirem se calar a falar sobre o problema. Segue abaixo os cinco principais:

  1. Medo de ser rotulada ou vista de forma negativa;
  2. Possibilidade de prejudicar as relações com as pessoas e, consequentemente, o trabalho;
  3. Sentimento de que não vale a pena porque nada vai mudar;
  4. Medo de retaliação ou punição;
  5. Prejudicar um terceiro.

Alguns exemplos de respostas:

“Esse sócio em particular me dá acesso a muitas informações. Eu não queria arriscar ofendê-lo. Não queria balançar o barco e me arriscar a perder o favor com ele.”

“Não é  que eu não consiga me comunicar, é a incapacidade deles de me ouvir. Existem diferentes graus de ouvir e escutar. Se eles não estão ouvindo, com que força você pressiona?”

“Mesmo que eu comentasse sobre o assunto, era improvável que algo mudasse”

“… outras promoções seriam um problema … é muito claro que os funcionários que são recompensados são aqueles que concordam com o plano.”

Ainda segundo o estudo, as pessoas na empresa aprendem essa cultura de se silenciar por experiência própria, por ver alguém falar e se prejudicar, ou por perceber que outras pessoas se incomodam, mas também não falam nada.

E no seu time, como funciona? As pessoas costumam falar sobre esses assuntos com você? Se sim, como costuma ser sua reação ou resposta? Será que ela incentiva a pessoa a te procurar de novo caso precise?

O papel do líder

Um estudo feito sobre o comportamento da liderança e voz dos funcionários, identificou que a questão de falar sobre uma preocupação ou problema não depende apenas da pessoa que deseja falar, nem do teor de seriedade da mensagem (apesar desses fatores influenciarem), mas também da receptividade da liderança para tal comunicação.

Líderes que se mostram mais abertamente inclinados(as) a ouvir e usar as ideias apresentadas pelas pessoas têm um impacto muito maior em fazer com que as pessoas falem. Além disso, é importante estabelecer um ambiente de trabalho que as pessoas percebam como psicologicamente seguro para se pronunciarem.

Quanto mais abertamente assuntos sobre como melhorar algo ou sobre preocupações que as pessoas têm sobre algum assunto específico forem falados, maior a chance de realmente termos um ambiente onde as pessoas sintam que podem falar o que pensarem.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: