Leituras da semana passada: Escalabilidade da gestão, pesquisas de clima e amizade no trabalho.

woman reading a book
Photo by Pixabay on Pexels.com

 

Aqui tem nosso resumo semanal. O objetivo é trazer links e breves resumos de textos que achamos relevantes.  O resumo tem um tom mais geral, reunindo leituras que foram feitas durante a última semana e que se relacionam de alguma forma com o desafio contínuo de tentar construir um time incrível de trabalho.

 

As Your Team Gets Bigger, Your Leadership Style Has to Adapt

Aqui temos um artigo da Harvard Business Review comentando sobre os desafios de você escalar a gestão de pessoas. É um texto super opinionado e não necessariamente reflete a verdade. Ele passa sobre os desafios que podem ser enfrentados quando você começa a não ter contato direto com as pessoas. O exemplo padrão é quando você começa a ter aquele esquema com gerentes de gerentes. Aí quando a equipe em si vem falar com você, te enxergam como uma pessoa que não pode ter a opinião desafiada etc.  Ninguém mais te dá feedback negativo face to face e por aí vai. Além disso é mostrado como a rotina pode ficar maluca, com muitas trocas de contexto, o que impacta diretamente na sua sensação de produtividade. Acho que vale a leitura.

 

Your employment engagement survey is destroying your company’s culture

Aqui temos uma opinião de Laszlo Bock, autor do livro Work Rules. Ele comenta sobre as pesquisas de clima que rodam em diversas empresas, inclusive praticamos elas por um ano dentro da Caelum. O ponto levantado é que várias vezes das perguntas não possuem possibilidades de ação dentro das empresas e isso pode acabar se virando contra a própria empresa. A felicidade de ser questionado(a) sobre algo pode transforma-se em frustração por não ver nenhuma ação sendo tomada naquele sentido. Por um lado faz, acho que pode fazer sentido. Só que, na minha opinião, o leva ao descrédito não é necessariamente a falta de ações e sim a falta de transparência. Nem tudo é possível de ser feito e a empresa tem que tomar a frente e dizer que, para aquela necessidade, ela não consegue melhorar neste momento.

 

Research: When Being Close to Your Employees Backfires

Aqui é explicado o resultado de uma pesquisa sobre a relação de proximidade no trabalho entre uma pessoa em cargo gerencial e sua liderada. Acharam indícios que tal proximidade pode levar a pessoa entender errado certos acordos. Um exemplo claro seria uma menor preocupação com prazos. Posso dizer que é algo bem controverso :). Existe uma pesquisa grande da Gallup sobre a relação entre ter melhor amigo no trabalho e performance. Vale a pena olhar para as duas pontas :).

 

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: