O Ciclo de Alta Performance

man wearing hoodie forming chakra wallpaper
Photo by Nizam Abdul Latheef on Pexels.com

E hoje vamos para o último post da série onde falamos especificamente sobre A Teoria de Definição de Metas.  Para abrir nosso texto, já vamos olhar para um ciclo chamado de Ciclo de Alta Performance(High Performance Cycle). 

ciclo-alta-performance

Perceba que ele cobre boa parte do que foi discutido na nossa série sobre a relação entre a definição de metas e performance. Não entramos na parte dos chamados mecanismos porque eles não trazem nada que, de alguma forma, não tenha sido coberto quando falamos dos moderadores. Basicamente, quando conseguimos maximizar comprometimento, importância da meta, feedback e complexidade das tarefas, aumentamos as chance de gerarmos mais esforço, direcionamento e persistência nos envolvidos.

Para mim, a melhor parte deste ciclo é a relação entre performance e satisfação. Perceba que satisfação vem como resultado de performance e não o contrário. Essa é uma afirmação que pode gerar surpresa. Não é anormal ouvirmos que precisamos gerar engajamento dos funcionários, melhorar o ambiente para só aí esperarmos boa performance. Pois bem, se você tiver que apostar em algo para melhorar o engajamento das pessoas, aposte nos moderadores e nos mecanismos necessários de performance para facilitar o alcance dos objetivos! A satisfação gerada, como mostrado no gráfico, faz as pessoas buscarem por objetivos cada vez mais ousados e ficarem cada vez mais engajadas.

O próprio livro do Management 3.0, que possui uma arriscada mistura de opinião baseadas em experiências do próprio autor mais algumas coisas científicas, traz uma frase que é bem alinhada com a ciência sobre metas:

Instead of focusing on the happiness of people, we should be focusing on the improvement of work.

A tradução literal, feita pelo Google Translator, para não dizer que tem viés de um dos autores do blog :).

Em vez de focar na felicidade das pessoas, devemos nos concentrar na melhoria do trabalho.

É exatamente o que é proposto pelo Ciclo de Alta Performance. Focar em fazer as pessoas trabalharem melhor é a melhor forma de deixar elas felizes no trabalho.

O post de hoje foi super curtinho mesmo, porque é mais um fechamento do que construímos com os anteriores. Uma mensagem importante que eu tentei passar é que realmente não tem fórmula mágica para fazer ninguém trabalhar dentro de uma expectativa.

Só que, mesmo sem fórmula, existe muita pesquisa, anos de estudo e observação sobre o que tende a funcionar. Então se você quer desafiar as pessoas que trabalham com você a serem as melhores versões delas, use o que a ciência indica ser um bom caminho. O artigo que de revisão, que usamos com base, observou mais de 100 tarefas diferentes dentro dos mais variados objetivos, entre mais de 40000 pessoas em pelo menos 8 países diferentes, contando observações em laboratórios e na prática. Juntar ciência e indústria é uma das melhores coisas que podem acontecer para as profissões.

Espero que você tenha gostado da sequência e fique tranquilo, vão vir muito mais! E lembre, gestão de metas e desafio das pessoas é um dos pilares que vamos cobrir no nosso Curso de Gestão na Caelum :).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: