Leituras da semana passada: feedback, habilidades do futuro e pressão por resultados.

man wearing mask sitting down and holding newspaper with fire
Photo by Ashutosh Sonwani on Pexels.com

Aqui tem nosso resumo semanal. O objetivo é trazer links e breves resumos de textos que achamos relevantes.  O resumo tem um tom mais geral, reunindo leituras que foram feitas durante a última semana e que se relacionam de alguma forma com o desafio contínuo de tentar construir um time incrível de trabalho.

The Feedback Fallacy

Texto super legal questionando tudo que falamos sobre o tal do feedback construtivo. É uma leitura que vale muito a pena, vai colocar muita minhoca na sua cabeça. Ele traz muita reflexão sobre o real benefício de feedback dado por um terceiro. Será que a pessoa que está recebendo o feedback realmente aprende algo? Será que a visão mostrada é a versão nua e crua do que aconteceu ou é alguma visão distorcida por quem está falando? Um feedback construtivo, por mais que seja cheio de boa intenção, tem tudo para dar errado. Perceba, realmente não é trivial você chegar para alguém, não importa a sua estratégia, e falar que tal e tal comportamento não estão bons.

 

Our Misplaced Fear of Job-Stealing Robots

Aqui um texto trazendo um assunto que é tema de muita palestra, a mudança no tipo de emprego no futuro. Esse tema é um grande buzz, por conta da Inteligência Artificial. O texto traz a opinião que a mudança existirá, mas que vai ser mais na linha de alterar o estilo do trabalho do que de acabar com vagas. É mostrado que uma das poucas profissões que realmente acabaram por conta da automação foi a de operador de elevador :(.

 

Como criar filhos bem-sucedidos – sem envolvimento demasiado dos pais

Aqui um ted talk não sobre gestão de adultos, mas sim sobre criação de filhos, o que em algum momento não deixa de ser um tipo de gestão :). O legal é o questionamento sobre a cobrança intensa por resultados, desconsiderando o esforço feito no meio do caminho e como isso pode gerar estresse e versões piores das pessoas. Claro que é uma balança muito complicada, ainda mais no âmbito profissional, mas, pelo menos nos times que eu facilito mais de perto, o esforço sempre é valorizado. Chegar ao resultado, independente do caminho, não faz parte do meu jogo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: